Mulemba - n.2 - UFRJ - Rio de Janeiro / Brasil / junho / 2010

Amélia da Lomba

       De nome próprio Maria Amélia Gomes Barros da Lomba do Amaral, a escritora nasceu a 23 de Novembro de 1961, na província de Cabinda, tendo já publicado, entre vários títulos, os livros: Ânsia (1995), Sacrossanto Refúgio (1996), Cacimbo (2000), Espigas do Sahel (2004), Noites Ditas à Chuva (2005), Sinal de Mãe nas Estrelas (2008).

       Colaboradora do Jornal de Angola, onde tem publicado vários textos poéticos, é um dos rostos visíveis da geração de escritores surgida na década de 80, ao lado de Ana Paula Tavares. É membro da União dos Escritores Angolanos, órgão no qual já ocupou diversos cargos diretivos.

       Em 2005, foi condecorada com a Medalha da Ordem do Vulcão pelo Presidente de Cabo Verde.